A importância da Equivalência do Diploma!

Se você pretende ir estudar ou trabalhar em Portugal, fazendo uso do seu diploma do curso superior, saiba que REVALIDAR SEU DIPLOMA pode se tornar fundamental para concretizar seu objetivo.

Vale lembrar que para cada propósito há um processo diferente que precisa ser respeitado. Verifique qual é a sua real necessidade em relação ao diploma, pois essa é uma dúvida frequente quando se quer estudar ou trabalhar em Portugal. Tenha em mente que o reconhecimento, a equivalência e o registro acadêmico são uma coisa e o reconhecimento profissional é outra.

photo-1505919018433-1c2dd691f902
1526669387e24b8f793946cbf054c6314c1631b4b0
Se sua intenção é dar continuidade aos estudos em Portugal, cursando pós-graduação, mestrado ou doutorado, antes você terá que submeter seu diploma à Comissão Científica do curso escolhido, que ira avaliar se você reúne às condições exigidas para fazer o curso. Em sendo aprovado, isso não significa que você terá o RECONHECIMENTO ACADÊMICO, mas sim que você possui os requisitos exigidos para frequentar o curso a qual está se candidatando.

Se sua intenção é somente trabalhar, dependendo da carreira escolhida, não será necessário fazer a EQUIVALÊNCIA DO O DIPLOMA, basta somente requerer sua inscrição para o RECONHECIMENTO da qualificação profissional, no conselho responsável por sua categoria em Portugal. Como exemplo sito os cursos de enfermagem e fisioterapia.

Já determinadas carreiras, como medicina, exigem que seja realizada a EQUIVALÊNCIA DO DIPLOMA, através de provas e títulos, a ser realizada por uma Universidade Portuguesa, tendo em vista que a Ordem dos Médicos de Portugal exige tal condição para autorizar o registro profissional, imprescindível para o exercício da medicina no País.

Assim sendo, seja qual for o seu propósito, estudar ou trabalhar em Portugal, conte com nosso escritório para assessorá-lo.

Click na carreira desejada e saiba um pouco mais!

Prestamos assessoria jurídica e administrativa para revalidação do diploma médico, através da equivalência ao grau de mestre, conforme diretrizes Portuguesas. Trabalhamos da seguinte forma:
  • Procedemos o levantamento e a organização de toda a documentação necessária para inscrição.
  • Levamos os documentos para reconhecimento das assinaturas e posterior apostilamento no formato de Haia.
  • Encaminhamos todos os documentos para Portugal e protocolamos a inscrição na Universidade Portuguesa indicada pelo candidato.
  • Acompanhamos o processo até fase final, quando entregamos ao candidato o certificado expedido pela Universidade Portuguesa.
O tratado de Amizade, Cooperação e consulta celebrado entre Brasil e Portugal, estabelece que graduado em curso superior de enfermagem no Brasil pode requerer sua inscrição junto à Ordem dos Enfermeiros de Portugal e tornar-se habilitado para o efetivo exercício da profissão.

A documentação necessária para o requerimento poderá ser obtida junto aos nossos escritórios. Nesse caso não é necessário fazer a Revalidação de diploma.

Prestamos total apoio jurídico e administrativo para sua inscrição diretamente junto à Ordem dos Enfermeiros de Portugal.

A fisioterapia abre a possibilidade de duas situações distintas, você deverá ver qual é a melhor opção para o seu caso específico.

1) Se você pretende somente exercer a profissão de fisioterapeuta em Portugal, não será necessário ingressar com o processo de revalidação do diploma, basta requerer sua inscrição à ACSS, com os documentos exigidos, e assim que for deferida você receberá sua carteira profissional e poderá trabalhar.

2) Se você pretende dar continuidade nos estudos através de uma pós-graduação, mestrado ou doutorado em Portugal, será necessário solicitar a equivalência de diploma, a ser realizado em uma Universidade Portuguesa. Só com a referida equivalência você estará credenciado para se matricular em qualquer desses cursos.

O Concelho Federal de Engenharia e Agronomia - CNFEA (Brasil) e a Ordem do Engenheiros de Portugal firmaram Termo de Reciprocidade para permitir que engenheiros graduados no Brasil possam exercer a profissão em Portugal e vise versa.

Segundo o referido termo o engenheiro Brasileiro deverá ter seu registro ativo e ser adimplente junto ao CONFEA/CREA. O profissional deverá apresentar sua candidatura para admissão na Ordem dos Engenheiros com os documentos exigidos.

Após o deferimento da inscrição o prazo médio para entrega da Carteira profissional pela Ordem dos Engenheiros de Portugal é de 30 dias.

A Ordem dos Advogados do Brasil e a Ordem dos Advogados de Portugal firmaram Termo de Reciprocidade para permitir que Advogados graduados no Brasil possam exercer a profissão em Portugal e vise versa.

Segundo o referido Termo de Reciprocidade o Advogado Brasileiro deverá ter seu registro ativo e ser adimplente junto à OAB...

O profissional deverá apresentar sua candidatura para admissão na Ordem dos Advogados de Portugal, em formulário próprio, com os documentos exigidos.

É exigido que um Advogado Português apresente um termo de aval para que o solicitante possa fazer o pedido de admissão.
Informações sobre outras carreiras através de consulta.

Prestamos Assessoria Jurídica e Administrativa para Inscrição Junto as Ordens Profissionais Portuguesas:
  • Inscrição na Ordem dos Médicos de, bem como para o pedido de Autonomia Médica.
  • Inscrição na Ordem dos Médicos Dentistas.
  • Inscrição na Ordem dos Advogados.
  • Inscrição na Ordem dos Enfermeiros.
  • Inscrição na Ordem dos Engenheiros.
  • Inscrição na Ordem dos Veterinários.
  • Inscrição na Ordem dos Arquitetos.
  • Inscrição na Ordem dos Economistas.
  • Inscrição na Ordem dos Psicólogos.
  • Inscrição na Ordem dos Nutricionistas.

Demais carreiras sob consulta.

Buy now
Chat aberto agora!
1
Estamos Online!
Olá,
Como posso te ajudar?